Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21

Howard Gardner

"a ideia chave na concepção de criatividade do psicólogo é o pensamento divergente. Pelas medidas padrão, considera-se que pessoas inteligentes são convergentes - pessoas que, a partir de certos dados ou de um problema difícil, conseguem chegar a uma reposta correta (ou, de qualquer forma, à reposta convencional). Em contraste, quando diante de um estímulo ou problema, as pessoas criativas costumam chegar a muitas associações diferentes, e pelo menos algumas delas são idiossincráticas e possivelmente únicas. Itens típicos num teste de criatividade pedem o máximo possível de uso para um tijolo, uma série de títulos para um história, ou várias interpretações possíveis de um desenho abstrato; um indivíduo psicometricamente criativo pode habitualmente produzir um espectro de respostas divergentes a um item desse tipo, e pelo menos algumas delas raramente são encontradas nas respostas dos outros"
Autor: Howard Gardner
Obra: Mentes que Criam

Nenhum comentário:

Postar um comentário