Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

Machado de Assis

"— É pecado sonhar?
— Não, Capitu. Nunca foi.
— Então por que essa divindade nos dá golpes tão fortes de realidade e parte nossos sonhos?
— Divindade não destrói sonhos, Capitu. Somos nós que ficamos esperando, ao invés de fazer acontecer." Autor: Machado de Assis
Livro: Dom Casmurro

Howard Gardner

"a ideia chave na concepção de criatividade do psicólogo é o pensamento divergente. Pelas medidas padrão, considera-se que pessoas inteligentes são convergentes - pessoas que, a partir de certos dados ou de um problema difícil, conseguem chegar a uma reposta correta (ou, de qualquer forma, à reposta convencional). Em contraste, quando diante de um estímulo ou problema, as pessoas criativas costumam chegar a muitas associações diferentes, e pelo menos algumas delas são idiossincráticas e possivelmente únicas. Itens típicos num teste de criatividade pedem o máximo possível de uso para um tijolo, uma série de títulos para um história, ou várias interpretações possíveis de um desenho abstrato; um indivíduo psicometricamente criativo pode habitualmente produzir um espectro de respostas divergentes a um item desse tipo, e pelo menos algumas delas raramente são encontradas nas respostas dos outros" Autor: Howard Gardner Obra: Mentes que Criam

Monteiro Lobato

"...A vida das gentes neste mundo, senhor sabugo, é isso. Um rosário de piscadas. Cada pisco é um dia. Pisca e mama; pisca e anda; pisca e brinca; pisca e estuda; pisca e ama; pisca e cria filhos; pisca e geme os reumatismos; por fim pisca a última vez e morre. - E depois que morre? — perguntou o Visconde. - Depois que morre vira hipótese. É ou não é?" Autor: Monteiro Lobato
Obra: Memórias de Emília

Manfredo A. de Oliveira

"'O Ser que pode ser compreendido é Linguagem' (...) A compreensão, e esta é a tese central de Gadamer, não é a transposição para o mundo interior do autor e uma recriação de suas vivências, mas um entender-se a respeito da 'coisa'." Autor: Manfredo A. de Oliveira Livro: Reviravolta Lingüístico-Pragmática na Filosofia Contemporânea