26 de abr de 2013

Silêncio também é música

"As pausas são tão música como as notas", explicava o maestro com um sorriso natural. (...) Que o silêncio também é música. Que o silêncio também se ouve. E o som valoriza o silêncio que se aproxima, tal como o silêncio valoriza o som que se lhe segue. (...) Porque o amor sabe falar com palavras, mas sabe também (sobretudo?...) falar com o silêncio. (...) mas entre duas pessoas que se amam, pelo contrário, nunca o silêncio é constrangedor, nunca é o vazio, nunca é a distância entre palavras. É um dizer de dentro, da alma, dos olhos, do fundo. E diz-se tudo. E ouve-se tudo. Em silêncio.

Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21