22 de abr. de 2012

Allan Kardec

"Uma língua perfeita, em que cada ideia teria sua representação por um termo próprio, evitaria muitas discussões, com uma palavra para cada coisa, todo o mundo se entenderia."
Autor: Allan Kardec
Livro: Livro dos Espíritos (Introdução, pp. 12)

Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21