14 de dez de 2011

Aristóteles

"Com efeito, ao falar do caráter de um homem não dizemos que ele é sábio ou que possui entendimento, mas que é calmo ou temperante. No entanto, louvamos também o sábio, referindo-nos ao hábito; e aos hábitos dignos de louvor chamamos virtudes."
Autor: Aristóteles
Livro: Ética à Nicômaco

Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21