Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21

Carlos Pena Filho

"No ponto onde o mar se extingue
E as areias se levantam
Cavaram seus alicerces
Na surda sombra da terra
E levantaram seus muros
Do frio sono das pedras.
Depois armaram seus flancos:
Trinta bandeiras azuis plantadas no litoral.
Hoje, serena flutua, metade roubada ao mar,
Metade à imaginação,
Pois é do sonho dos homens
Que uma cidade se inventa.
"
Autor: Carlos Pena Filho
Poesia: Guia Prático da Cidade do Recife – O Início, 1999:129

Nenhum comentário:

Postar um comentário