Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Harold Bloom

Segundo Harold Bloom, "a informação está cada vez mais ao nosso alcance. Mas a sabedoria, que é o tipo mais precioso de conhecimento, essa só pode ser encontrada nos grandes autores da literatura. Esse é o primeiro motivo por que devemos ler. O segundo motivo é que todo bom pensamento, como já diziam os filósofos e os psicólogos, depende da memória. Não é possível pensar sem lembrar – e são os livros que ainda preservam a maior parte de nossa herança cultural. Finalmente, e este motivo está relacionado ao anterior, uma democracia depende de pessoas capazes de pensar por si próprias. E ninguém faz isso sem ler." Por outro lado, Bloom alerta: "Se você tenta ser independente, se não adere a nenhum tipo de moda, se fala honestamente e emite opiniões próprias, se recusa ideologias, inevitavelmente será atacado. O mundo tenta castigar os que não se conformam." Trecho da entrevista de Harold Bloom, cedida a Flávio Moura  pela Revista Veja (31/01/2001)

Robson Feitosa

"Algumas pessoas são motivadas por natureza. Basta um pouco de esforço para motivá-las a relizarem trabalhos magníficos. Outras pessoas precisam de muito esforço para realizarem pequenos trabalhos. As primeiras são chamadas pró-ativas, as outras 'pré-guiçosas' =P" Autor: Robson Feitosa

Paulo Freire

"Não será, porém, com essa escola desvinculada da vida centrada na palavra, em que é altamente rica, mas na palavra 'milagrosamente' esvaziada da realidade que deveria representar, pobre de atividades em que o educando ganhe experiência do fazer, que daremos ao brasileiro ou desenvolveremos nele a criticidade de sua consciência, indispensável à nossa democratização." Autor: Paulo Freire Livro: Educação e atualidade brasileira, 1959.