17 de jan de 2011

Paulo Freire

Que é mesmo minha neutralidade senão a maneira cômoda, talvez, mas hipócrita, de esconder minha opção ou meu medo de acusar a injustiça? "Lavar as mãos" em face da opressão é reforçar o poder do opressor, é optar por ele. 
Autor: Paulo Freire
Livro: Pedagogia da Autonomia

Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21