27 de ago de 2010

O Povo

Quem sofre pela falta, e, após realizar o desejo, sofre pelo tédio, ou seja, quando não tem reclama, quando tem, não se satisfaz. (...) Mas, na verdade, feliz é aquele que deseja o que já possui, contentando-se com o que está sob sua posse e não com o que ainda é aspiração idealizada. Nessa linha de raciocínio, encontra-se o apóstolo Paulo que diz: "aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação" (Fp 4:12). Ou seja, aprendi a desejar o que possuo.
Autor: Um jornalista do Jornal O Povo
Artigo da Coluna Espiritualidade 

Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21