31 de jul. de 2010

Immanuel Kant

Ser feliz é necessariamente o desejo de todo ser razoável mas finito, portanto é inevitávelmente um princípio determinante de sua faculdade de desejar.
Autor: Immanuel Kant
Livro: Crítica da razão prática

27 de jul. de 2010

Brahma Kumaris

Um antigo provérbio diz: "se semeio urtigas, não posso colher rosas". É através das minhas ações que o mundo reage a mim. Elas plantam as sementes do meu futuro. Se tenho atitudes raivosas, obtenho respostas raivosas. Se desempenho ações pacíficas, os resultados são pacíficos. É através das ações que eu crio fortuna ou infortúnio. Deveríamos deixar que todas as nossas ações fossem para edificar ao invés de violentar.
Autor: Prajapita Brahma Kumaris Ishwariya Vishwa Vidyalaya
Livro: Just a Moment

24 de jul. de 2010

Morihei Ueshiba

“A busca da paz é uma maneira de rezar, que termina gerando luz e calor. Esqueça um pouco de si mesmo, saiba que na luz está a sabedoria, e no calor reside a compaixão. Ao caminhar por este planeta, procure notar a verdadeira forma dos céus e da terra; isso é possível se você não se deixar paralisar pelo medo, e decidir que todos os seus gestos e atitudes corresponderão àquilo que você pensa.”
Autor: Morihei Ueshiba

19 de jul. de 2010

Martha Medeiros

"...
Conversa é melhor do que piada.
Exercício é melhor do que cirurgia.
Humor é melhor do que rancor.
Amigos são melhores do que gente influente.
Economia é melhor do que dívida.
Pergunta é melhor do que dúvida.
Sonhar é melhor do que nada!"
Autora: Martha Medeiros

Ricardo Bicalho

A diferença entre o profissional e o amador é que o primeiro sabe o motivo do que está fazendo. É uma questão de opção qual deles você quer ser.
Autor: Ricardo Bicalho

5 de jul. de 2010

Lagneau

É característico do erro poder ser refutado pela experiência e pelo raciocínio. As ilusões dos sentidos não podem ser refutadas assim; são apenas maneiras de perceber que não são normais. Aliás, mesmo as maneiras normais de perceber são ilusões; toda percepção é, em suma, uma ilusão.
Autor: Lagneau
Livro: Curso sobre a percepção

4 de jul. de 2010

Montesquieu

Na significação mais extensa, as leis são as relações necessárias que derivam da natureza das coisas, e, nesse sentido, todos os seres têm suas leis; a Divindade tem suas leis; o mundo tem suas leis; as inteligências superiores têm suas leis; os animais têm suas leis; o homem tem suas leis.
Autor: Montesquieu
Livro: O espírito das leis

Examinai tudo. Retende o bem. 1 Tessalonicenses - 5, 21